Posted inArtigos

Protegendo sua empresa: como um WAF funciona

Atualmente os desafios da TI em termos de Segurança da Informação estão além de apenas proteger a borda da rede e os endpoints. Até porque, a rigor, com toda complexidade de inúmeros dispositivos e aplicações, não há mais uma definição estática do que é o perímetro. Diante de aplicações cada vez mais comuns, surge uma nova dor ao gestor de TI: qual o risco desta aplicação? O código das aplicações estão realmente seguros? O risco de falha humana já foi levado em consideração no desenvolvimento das aplicações?

Neste contexto, o WAF (Web Application Firewall) é uma tecnologia importante que visa evitar incidentes de vazamento de dados. Muitas informações confidenciais, como dados de cartão de crédito e registros de clientes, são armazenados em bancos de dados back-end que podem ser acessados ​​por meio de aplicativos da web. Os invasores têm como alvo esses aplicativos que permitem

Contudo, ao usar um WAF, executando-o como um dispositivo de rede, plug-in de servidor ou serviço de nuvem, a empresa garante inspeções personalizadas de dados. Assim, a ferramenta filtra o tráfego potencialmente prejudicial que pode facilitar explorações da web.

O que é WAF?

O WAF é um tipo de firewall criado para combater as ameaças que estão além das capacidades dos Firewalls tradicionais (NGFW, UTM). Ele cria uma barreira entre o seu serviço baseado na web e todo o resto da Internet, bloqueando e protegendo sua aplicação de ações criminosas, como manipulação de conteúdo exibido. Os Firewall de Aplicações Web são diferentes, pois protegem os aplicativos web internos contra ataques externos sofisticados na camada do aplicativo. Eles oferecem um modelo de segurança tanto positivo como negativo e protegem contra as maiores ameaças aos aplicativos de hoje em dia (injeção de SQL, script entre sites, acesso a URL, CSRF, ataques de injeção e outras).

Compreenda como o WAF funciona

O Web Application Firewall (WAF) trabalha para impedir qualquer exposição de dados não autorizada em um site ou aplicativo baseado na web.

Não é exagero algum dizer que um ataque organizado a um site é capaz de arruinar um negócio, especialmente lojas virtuais que armazenam os dados dos usuários: sem a segurança adequada, essas informações podem facilmente cair nas mãos de cibercriminosos.

O WAF trabalha monitorando, filtrando e bloqueando automaticamente o tráfego de dados potencialmente maliciosos, liberando a TI da sua empresa para decidir quem terá o acesso impedido.

WAF FortiWeb da Fortinet

Seja simplesmente para atender às normas de conformidade ou para proteger importantes aplicativos hospedados, os web application firewalls do FortiWeb oferecem recursos avançados que protegem os aplicativos web contra ameaças conhecidas e de dia zero.

No núcleo do FortiWeb estão seus mecanismos de detecção baseados em inteligência artificial de camada dupla que detectam ameaças de maneira inteligente, com quase nenhuma detecção de falso-positivo.

A diferença entre WAF e Firewall

É verdade que Web Application Firewall e Firewall são termos semelhantes. Por isso, é importante conhecer a diferença conceitual e prática de cada um deles.

Firewall é um termo amplo para firmware que define uma rede de computadores filtrando os pacotes de dados recebidos. Dentro dessa definição ampla, existem várias categorias que são diferenciadas pelo tipo de proteção que oferecem e como fazem isso. Filtragem de pacotes, inspeção stateful, proxy e NGFW (Next-Generation Firewall) são algumas das categorias de firewall.

Basicamente, um WAF é outro tipo de firewall que se diferencia pela forma como filtra especificamente os pacotes de dados. O Web Application Firewall é único porque se concentra apenas em invasores baseados na Web na camada de aplicativo, enquanto outros tipos podem não ser capazes de se defender contra esses ataques. Um WAF é mais parecido com um firewall de proxy, mas com um foco específico na lógica de aplicativo da camada 7.

Os tipos de Web Application Firewall

Atualmente, existem três tipos de Web Application Firewall que são mais explorados pelas empresas. Veja a definição de cada um deles:

1. Firewall de aplicativo da web baseado em rede

Com estrutura baseada em hardware, este tipo de WAF fornece benefícios de redução de latência devido à instalação local próxima ao servidor de aplicativos e com fácil acesso.

Além disso, este tipo de WAF fornece replicação de regras e configurações em muitas instâncias, facilitando a implantação em organizações de médio ou grande porte.

2. Firewall de aplicativo da web baseado em host

Com uma estrutura diferente, este tipo de Web Application Firewall é baseado em módulos para um servidor da web. É uma solução significativamente mais barata em comparação com WAFs baseados em hardware, que se destinam a pequenos aplicativos da web.

A maioria dos WAFs de software é feita para ser facilmente integrada com servidores da web populares. No entanto, como o Web Application Firewall baseado em host drena os recursos do servidor de aplicativos, isso pode resultar em problemas de desempenho.

3. Firewall de aplicativo da web baseado em nuvem

Os firewalls de aplicativos da web baseados em nuvem oferecem benefícios semelhantes aos de outras soluções WAF baseadas em software, como baixo custo e falta de recursos locais que você deve gerenciar. As soluções baseadas em nuvem são uma excelente escolha quando você não quer se limitar a recursos de desempenho ou está visando evitar um sistema que requer manutenção.

Os provedores de serviços em nuvem podem oferecer um pool de hardware ilimitado com configuração e suporte competentes. Mas, em algum ponto, as taxas de serviço podem ficar muito altas ou você chegará ao ponto em que precisará de uma solução personalizada poderosa com base em seu dispositivo físico.

Web Application Firewall: principais benefícios

Os WAFs fornecem uma resposta inteligente, tomando como base as configurações de segurança da Web, para ameaças potenciais que podem impactar sua rede. WAFs são projetados para ajudar a proteger sua rede de ameaças potenciais que ainda não foram identificadas. Ou seja, a implementação desta solução pode salvar sua organização de ataques de dia zero, vulnerabilidades de segurança, injeções de SQL, ataques de script entre sites e outros tipos de ameaças.

Se a sua companhia quer dar os próximos passos para ser mais segura é necessário implantar o WAF.

Veja algumas das vantagens do nosso WAF:

  • Protege contra todas as 10 principais ameaças do OWASP, ataques DDoS, ataques de bots maliciosos e muito mais;
  • Utiliza o aprendizado de máquina para proteger contra ataques de dia zero e minimizar falsos positivos;
  • Facilita o gerenciamento de políticas e lista de exceções, garantindo que somente o tráfego indesejado seja bloqueado;
  • Oferece taxas de transferência de WAF protegidas e uma criptografia/descriptografia de tráfego seguro.